terça-feira, maio 08, 2007

Marte assenta “pés na Terra”

Ao que isto chegou... para concorrer a um emprego tive que fazer um texto que não vinha no google... Pois bem, agora, qualquer tonta(o) que receba este tema para escrever, tem aqui uma solução!
Guerra de Estrelas
Marte assenta “pés na Terra”
____________________________________________________________________________________
Agência Planeta Vermelho – Lisboa, 26 de Abril de 2011


- Marta Marte eleita Presidente da República –

“Uma revoada de cometas e planetas iluminou hoje a Terra, nomeadamente uma das fatias mais pequenas deste planeta, Portugal!”. Foi deste modo que Marta Marte abriu o seu discurso de vitória ao ter batido por maioria absoluta, na primeira volta, o Prof. Aníbal Cavaco Silva nas eleições presidenciais do último domingo.

A marcar uma viragem radical no quadro político português, a eleição de Marta Marte, foi acompanhada por manifestações de apoio terrestres durante a campanha aguerrida que abriu portas a uma visão extraterrestre dos problemas com que Portugal se debate nos últimos anos. Face ao resultado eleitoral as opiniões são unânimes, a presidência marciana só pode trazer vantagens, ainda mais tratando-se de uma mulher.

Em declarações à Agência Planeta Vermelho, Marta Marte comenta a conquista que a sua eleição representa. “Se por um lado uma leitura extraterrestre, leia-se distanciada, dos acontecimentos e contexto político-social português, apresenta claras vantagens para uma Presidência activa e consciente, por outro, um olhar feminino, não feminista, conciliador e sensível à actual conjuntura que vivemos em Portugal vem trazer uma visão dinâmica e confiante do futuro e do presente.”

“Santos da Terra não fazem milagres”, tem sido a máxima aclamada pelos militantes da concorrência acérrima à Presidência durante o período de campanha eleitoral. Conservadores terrestres consideram que o ditado popular, quando aplicado ao resultado eleitoral deste domingo não podia ser mais esclarecedor das motivações de voto do eleitorado português. Estas opiniões ficam esbatidas quando comparadas com a maioria satisfeita e confiante com a nova Presidência.

Questionada sobre a nova visão, a Presidente marciana, reforçou todas as medidas que preconiza para o seu mandato, nomeadamente:


“Em primeiro lugar quero reforçar o valor inequívoco do papel da mulher na economia de qualquer país. Sempre que olhava para Portugal ficava estarrecida e arrepiada pela falta de apoio à mulher e à família. Se ponderarmos um pouco esta situação veremos que o papel social da mulher tem sido sucessivamente descurado e mal aproveitado pelos sucessivos governos e Presidentes da República.

Quero hoje, partilhar com todos os portugueses e portuguesas a visão global deste património humano e as medidas que irão marcar a diferença para todos. Estou certa que os outros países e planetas irão rapidamente seguir este modelo.

Apoio à Maternidade – De modo a permitir o crescimento da taxa de natalidade deste país e do mundo em geral, a mulher ficará isenta de pagamento de IRS durante os primeiros 3 anos de vida da criança. Deve, por opção, trabalhar no final deste período, permitindo assim a criação de laços familiares fortes que serão alicerces fortes, capazes de sustentar a estrutura humana da criança no futuro.

Apoio à Terceira Idade – De igual modo é dada toda a liberdade aos cidadãos para cuidar dos seus familiares directos pertencentes à Terceira idade. As reformas respectivas serão depositadas na conta familiar e estão isentas do pagamento de IRS ou qualquer outra contribuição fiscal. Todo o português que opte por esta solução, aufere um valor que será dedutível no IRS.

Trabalho voluntário – Toda e qualquer pessoa que se encontre em situação de desemprego, e que actualmente aufere o respectivo subsídio, terá que efectuar trabalho cívico na área de residência. De acordo com o protocolo acordado entre a Presidência da República, o Governo e o sector privado, esta é uma medida que irá colmatar falhas no sistema económico de Portugal. Entre os programas abrangidos por este protocolo, encontram-se inúmeras actividades: Trabalho em lares de Terceira Idade; Voluntariado em Hospitais e Escolas; Limpeza de Jardins e Espaços Públicos; Alocação do exército e presidiários para trabalhos de ordenamento e limpeza de matas e florestas.

Estas medidas visam contornar algumas das grandes dificuldades com que Portugal se debate. As promessas eleitorais estão disponíveis para consulta, agora e ao longo de todo o mandato, em
http://www.etapasdofuturo.pt. Disponível está também o contacto de e-mail de Marta Marte (marta.marte@presidencia.pt) para esclarecimento de qualquer questão de cidadania.

As Cinco

As Cinco

kEM ESTÁ CÁ

As cinco fabulosas