quarta-feira, março 26, 2008

terça-feira, março 25, 2008

Concordo com tudo...

(...)Esta coisa de gostar de alguém não é para todos e, por vezes – em mais casos do que se possa imaginar – existem pessoas que pura e simplesmente não conseguem gostar de ninguém. Esperem lá, não é que não queiram – querem! – mas quando gostam – e podem gostar muito – há sempre qualquer coisa que os impede. Ou porque a estrada está cortada para obras de pavimentação. Ou porque sofremos de diabetes e não podemos abusar dos açucares. Ou porque sim e não falamos mais nisto. Há muita gente que não pode comer crustáceos, verdade? E porquê? Não faço ideia, mas o médico diz que não podemos porque nascemos assim e nós, resignados, ao aproximar-se o empregado de mesa com meio quilo de gambas que faz favor, vamos dizendo: “Nem pensar, leve isso daqui que me irrita a pele”.

Ora, por vezes, o simples facto de gostarmos de alguém pode provocar-nos uma alergia semelhante. E nós, sabendo-o, mandamos para trás quando estávamos mortinhos por ir em frente. Não vamos.. E muitas das vezes, sabendo deste nosso problema, escolhemos para nós aquilo que sabemos que, invariavelmente, iremos recusar. Daí existirem aquelas pessoas que insistem em afirmar que só se apaixonam pelas pessoas erradas. Mentira. Pensar dessa forma é que é errado, porque o certo é perceber que se nós escolhemos aquela pessoa foi porque já sabíamos que não íamos a lado nenhum e que – aqui entre nós – é até um alívio não dar em nada porque ia ser uma chatice e estava-se mesmo a ver que ia dar nisto. E deu. Do mesmo modo que no final de 10 anos de relacionamento, ou cinco, ou três, há o hábito generalizado de dizermos que aquela pessoa com quem nós nos casámos já não é a mesma pessoa, quando por mais que nos custe, é igualzinha. O que mudou – e o professor Júlio Machado Vaz que se cuide – foram as expectativas que nós criamos em relação a ela. Impressionados?


Pois bem, se me permitem, vou arregaçar as mangas. O que é díficil – dizem – é saber quando gostam de nós. E, quando afirmam isto, bebo logo dois dry martinis para a tosse. Saber quando gostam de nós? Mas com mil raios, isso é o mais fácil porque quando se gosta de alguém não há desculpas nem “ ai que amanhã não dá porque tenho muito trabalho”, nem “ ai que hoje era bom mas tenho outra coisa combinada” nem “ ai que não vi a tua chamada não atendida”.

Quando se gosta de alguém – mas a sério, que é disto que falamos – não há nada mais importante do que essa outra pessoa. E sendo assim, não há sms que não se receba porque possivelmente não vimos, porque se calhar estava a passar num sítio sem rede, porque a minha amiga não me deu o recado, porque não percebi que querias estar comigo, porque recebi as flores mas pensava não serem para mim, porque não estava em casa quando tocaste.

Quando se gosta de alguém temos sempre rede, nunca falha a bateria, nunca nada nos impede de nos vermos e nem de nos encontrarmos no meio de uma multidão de gente. Quando se gosta de alguém não respondemos a uma mensagem só no final do dia, não temos acidentes de carro, nem nunca os nossos pais se sentiram mal a ponto de nos impossibilitarem o nosso encontro. Quando se gosta de alguém, ouvimos sempre o telefone, a campaínha da porta, lemos sempre a mensagem que nos deixaram no vidro embaciado do carro desse Inverno rigoroso. Quando se gosta de alguém – e estou a escrever para os que gostam - vamos para o local do acidente com a carta amigável, vamos ter com ela ao corredor do hospital ver como estão os pais, chamamos os bombeiros para abrirem a porta, mas nada, nada nos impede de estar juntos, porque nada nem ninguém é mais importante, do que nós.(...)

Fernando Alvim

segunda-feira, março 24, 2008

uma musiquinha para o dia de hoje..

Fica sempre bem, e como nao me esta a apetecer escrever nada de nada aqui vos deixo mais uma das "minhas musiquinhas"

terça-feira, março 18, 2008

Filipa Lança isto e para ti...o teu amigo voltou



Ja viram...

Aqueles anuncios da PT feitos pelos Gato Fedorento em k eles "ligam" para a casa das pessoas a perguntar coisas como se e da casa do Sr. Leao... Nao acham k ficaria mt mais giro se perguntam-se o seguinte:

Ligar para um supermercado e perguntar:
-Boa tarde tem sardinhas enlatadas?
-Tenho sim!!!
-Oh!! Solte os bichinhos...

Juanita, lembras-te???

E aqui vai mais recordaçao

Daquelas recordaçoes k so me lembro da Raquel Guerreiro e das tardes k passavamos na casa dela a ver o filme, mas principalmente esta cena...

Olas

Pois hoje tiraram-me um verdadeiro peso de cima, andava msm angustiada, mas pelos os vistos esta tudo bem e daqui a seis meses vou andar novamente com o coraçao nas maos, mas nem kero pensar nisso agora... Agora quero pensar k depois de amanha vou para beja city curtir a pascoa... lol... Espero k nao esteja este tempo de merda, pois esta chuva ja chateia, chego sempre a casa numas lindas figuras...

P.S - E amanha vai faltar exactamente uma semana, adivinhem para o k????

segunda-feira, março 17, 2008

Mas antes do hasta...

As ultimas news dos amiguinhos...

Eu sei que voces ja deviam estar com saudades deles...

Um pedido de desculpas

Meninas ando sem cabeça nenhuma para escrever, ando mesmo sem cabeça para nada, amanha se tudo correr bem venho logo aqui contar as news, caso contrario acho k vou ficar ainda com menos cabeça... Hasta

sexta-feira, março 14, 2008

Tu és o meu super-herói,
Sem tirar o chapéu de cowboy, Com o teu galeão e uma garrafa de rum,
Eu era tua e de mais nenhum.

terça-feira, março 11, 2008

Vejam lá isto...

Vejam lá se nao conhecem ninguem...

E a vencedora foi...........

esta merda...

Festival da cançao

Aqui estao as musiquinhas do Festival da cançao portugues, foi mt fraquinho, mas mesmo mt fraquinho e eu ali sentada so para ver aquele francisco da operaçao triunfo, e a musica dele foi msm a ultima por isso deu para ver aquelas tristezas todas a cantar, em baixo vao os videos da musica k mais gostei vai em primeiro e o k menos gostei vai em ultimo, e ai podem notar a minha desiluzao com o festival, pois tive uma noite inteira a espera dessa musica, e tudo foi pessimo desde a roupa do francisco ate a letra da musica...



Juanita

Tu que andas por terras de Espanha, ve la se gostas desta musiquinha, eu acho o maximo...

Eurovisión en España

Kaxuxa,
Já que falas na Eurovisão, e só por acaso tu adoras este tipo de música, que está entre o pimpa e o rídiculo, toma lá o representante de Espanha no próximo Festival da Canção, que se arrisca a ser um êxito do verão: o Chiki Chiki!!

segunda-feira, março 10, 2008

ESTOU...

cansada, cansada, cansada, cansada e hoje ainda só é segunda feira...por isso é caso para perguntar quando é k chega o fds??? Esteve um dia horroroso, ainda tenho milhares de coisas para fazer, por isso nem vou falar do festival da canção, só vos digo k achei k aquilo parecia a operação triunfo...

domingo, março 09, 2008

Festival da canção

Vamos lá ver as musiquinhas deste ano, não é que eu ligue muito, mas desde que soube que o Francisco aquele da operação triunfo 2 vai cantar uma musiquinha, como é obvio tenho de ir sentar-me em frente ao sofa, para ver o menino, pois sempre o achei o maximo...

Agora fica aqui o video da canção vencedora do ano passado, uma autentica musica pimba...

sábado, março 08, 2008

Mais um blog amigo

Pois é lindas, aqui vai o endereço do blog do Alexandre Mira, onde podemos encontrar uns videos engraçados do Alexandre e dos amigos

http://www.tudojuntotudonutudoacavalo.blogspot.com/
Não há mais sublime sedução do que saber esperar alguém.
Compor o corpo, os objectos em sua função, sejam eles
A boca, os olhos, ou os lábios. Treinar-se a respirar
Florescentemente. Sorrir pelo ângulo da malícia.
Aspergir de solução libidinal os corredores e a porta.
Velar as janelas com um suspiro próprio. Conceder
Às cortinas o dom de sombrear. Pegar então num
Objecto contundente e amaciá-lo com a cor. Rasgar
Num livro uma página estrategicamente aberta.
Entregar-se a espaços vacilantes. Ficar na dureza
Firme. Conter. Arrancar ao meu sexo de ler a palavra
Que te quer. Soprá-la para dentro de ti
até que a dor alegre recomece.
Maria Gabriela Llansol

sexta-feira, março 07, 2008

Meninas eu estou quase a fazer anos...


Por isso podem-se juntar para comprarem o meu presente, mas eu kero so uma coisa, por isso ai vai uma imagem para voces decidirem

OS 12 MANDAMENTOS DAS MULHERES:

1-Mulher não mente, omite os factos!
2-Mulher não cusca, apenas troca informações!
3-Mulher não trai, vinga-se!
4-Mulher não fica bêbada, entra em estado de alegria!
5-Mulher nunca goza com os outros, apenas é sincera!
6-Mulher não grita, testa as cordas vocais!
7-Mulher nunca chora, lava as pupilas dos olhos com frequência!
8-Mulher nunca olha para um homem bonito com segundas intenções,apenas observa a anatomia!
9-Mulher entende sempre o que homem diz, apenas pede que ele explique novamente para testar sua capacidade de raciocínio!
10-Mulher não é preguiçosa, apenas descansa a beleza!
11-Mulher nunca sofre por amor, e sim entra em contradições com os sentimentos!
12-Mulher nunca engana os homens, pratica o que aprendeu com eles!

quinta-feira, março 06, 2008

mais uma musquinha, é assim k eu me estou a sentir

O amigo Idalio em grande

Pois é caras amigas, aqui esta um filme onde aparece o amigo Idalio feito empelastro... Idalinho filho tu estas lá...

O melhor concerto que vi o ano passado

Gostei da letra

Eu preciso de sentir aquele toque feminino, imagino
Que me possas entender erradamente então declino
Qualquer intenção que não a de trocar uma impressão
Opinião, informação, e, quem sabe, emoção?
Hora e meia de concerto e tou meio estourado
Preciso de um cigarro, sentar um bocado:
Fica do meu lado porque tou muito interessado
Em quase tudo menos sexo sem significado, então
"Vem fazer de conta" e acredita em mim...
Podemos falar do Manel, ou das canções do Jobim
Hoje tou memo assim, com uma carência sem fim
E quero saber tudo de ti, timtim por timtim
Vou trocar de roupa dá-me só um minuto
Queres um bom vinho tinto ou um champagne bruto?
Já caguei no duto, tou seguro, resoluto
E a vida deve ser levada com olhar de puto

Fácil fácil brincadeira de criança
Eu tava preso e tu pagaste-me a fiança
O toque é certo, equilibra a balança
Lança lança lança lança a tua dança

Nós não temos que, mas podemos se
Dá-me tempo para que, te mostre quem sou
O toque acusou, fez-se musica e cantou
Para te mostrar quem sou

Perigosamente perto, absolutamente certo
O teu sorriso brilha e deixa-me liberto
Pega na minha mão, vou-te tirar a pressão,
Eu nunca durmo na primeira noite, haja ou não tesão
Por isso baza à minha casa, só para um pouco de,
Nós não temos que, mas podemos se...
Pausamos na descontra com som ou tv
Eu tenho fox na cabo stand up em dvd
Quê quê quê quê quê, sorriso duvidoso?
Não tenho habilidade para coro manhoso
Só covinha na bochecha e olhar curioso
Charme de trapalhão, tu és doce eu sou guloso
Eu dou-te tick-tick, tu dás-me tock tock
Embala slick rick e leva-me a reboque
Eu não sou playboy, rude boy, bad boy,
Pura e simplesmente posso vir a ser o teu boy

Fácil fácil brincadeira de criança
Eu tava preso e tu pagaste-me a fiança
O toque é certo, equilibra a balança
Lança lança lança lança, a tua dança

Nós não temos que, mas podemos se
Dá-me tempo para que, te mostre quem sou
O toque acusou fez-se musica e cantou
Para te mostrar quem sou

Temos empatia, quem sabe se um dia
A nossa simetria não acaba em sinfonia
Falo com o Massena nós temos boa cena
Dedico-te um poema vamos ganhar um ema
Longe de perfeito digamos que tenho jeito
Para director de casting e o teu timing é perfeito
Dás-me o toque-de-caixa e eu fico em sentido
A tua voz encaixa directo no ouvido
É poesia em movimento no terceiro andamento
Dum concerto em Sol maior, para tocar em casamento

Fácil fácil brincadeira de criança
Eu tava preso e tu pagaste-me a fiança
O toque é certo, equilibra a balança
Lança lança lança lança, a tua dança

Nós não temos que, mas podemos se
Dá-me tempo para que, te mostre quem sou
O toque acusou fez-se musica e cantou
Para te mostrar quem sou

Nós não temos que, mas podemos se
Dá-me tempo para que, te mostre quem sou
O toque acusou fez-se musica e cantou
Para te mostrar quem sou

quarta-feira, março 05, 2008

Sinto-me assim...

O meu signo desta semana, tudo esta a acontecer

Ao longo desta semana o seu humor vai melhorar consideravelmente. A boa disposição e o gosto de estar com as outras pessoas vai voltar em força. Vai irradiar um maior brilho pessoal e as atenções vão cair sobre si. Muito provavelmente, vai encontrar um novo amor de forma inesperada. O seu sentido artístico e criativo vão estar à flor da pele. Aproveite esta fase para conhecer pessoas diferentes e alargar os seus horizontes. Boa altura para conviver com as pessoas de que gosta e revelar os seus sentimentos em relação a elas.

terça-feira, março 04, 2008

Pk me apetece

Ouvir esta musica, pensar na minha hora de almoço, completamente diferente de tudo o k ja tive, pensar k estou a ser completemente doida, k não estou a pensar nas consequências k tudo isto me pode vir a trazer, pois neste momento não kero e não posso pensar, só posso continuar a deixar-me levar... E mais não vos conto por aqui, só pessoalmente, mas podem-se ir sentando k vem ai bomba..


Eu e ela

segunda-feira, março 03, 2008

domingo, março 02, 2008

Génios aos pontapés III

E pior que isso, mas muito pior que isso, é a mania que muitas mães e pais têm de pôr os putos em competição, praticamente mal nascem. "O quê???! A tua ainda não dorme? Ah, o meu Zé é um espectáculo. Aos dois dias já dormia a noite todinha." Três meses depois: "O quê???? A tua ainda não tem dentes?! O meu Chico já tem dezoito dentes!" Cinco meses depois: "O quê??? A tua filha ainda não anda??? Ai tens de o levar ao médico. O meu já corre a casa toda! Difícil é agarrá-lo!" No mesmo mês: "Estás a brincar? E ainda não fala??? Ai, coitadinha... O meu Pedro diz mamã, papá, avó, estacionamento, frigorífico, onomatopeia, mielomeningocelo. Será que a tua filha tem algum problema??" Seis meses depois: "Não pode ser... A sério?? Ainda usa fralda? O meu André já tem cuequinhas e dorme a noite toda sem fazer uma única vez." Quando chega a escola, a coisa agrava-se. "A Joaninha já sabe o abecedário todo! E a tua filha?" Uma pessoa arrisca que não, a criatura só sabe 6 letras. "O quê??? Ai, mas em que escola é que anda??? Ai, a Joaninha já lê tudo de trás para a frente" Vá Joaninha, lê aqui um pedacinho do Sermão de Santo António aos Peixes..."
Claro que, secretamente, as mães cujas crias estão a anos-luz das outras começam a inquietar-se: Será que está tudo bem? Terei parido uma imbecil? Será coxa? Muda? Incontinente?
Em princípio está tudo bem. O melhor é ignorar e esperar pelo momento certo para a vingança. Por exemplo, na praia, quando o filhinho da sua amiga tirar a roupa, pode sempre segredar: "O quê??? A pilinha dele é daquele tamanho?? Coitadinho... Sai ao pai ou será um problema de crescimento?" Se for uma menina pode ter de esperar mais tempo pela vingança. Mas como a frio sabe melhor, aguarde. A sua vez de rir está ao virar da esquina.

Génios aos pontapés II

O que não consigo compreender é a mania de que os filhos são génios. A criança diz uma laracha e, pimbas, é sobredotada. A criança calha a fazer uma reflexão e, tufas, nasceu para salvar o mundo. A criança apita uma corneta e, zás, é inscrevê-la na música que está visto que é um Mozart em potência. "Não é por ser meu filho, mas é especial. É uma criança que, pronto, vê-se. Tem uma inteligência superior." Tem, tem. E os pais que vivem a acreditar nisto deviam marcar com urgência uma consulta num psi qualquer. É que, mais tarde ou mais cedo, a realidade vem ao de cima. E a criancinha é que vai pagar, quando eles perceberem que, afinal, é só um puto como outro qualquer. Genial como todos. Embirrante como todos. E às vezes um bocado estúpido, como todos.

Génios ao pontapé

Não sei que raio se passa na cabeça de algumas mães na altura em que são mães, mas há-de ser um processo próximo da paranóia. Que considerem os seus rebentos os mais bonitos do mundo ainda se percebe. Às vezes são feios como trolls mas elas não páram de nos exibir os álbuns: "É tão lindo, não é? Estava a pensar mandar a foto dele para fazer um anúncio, o que é que achas?" E a gente finje um ataque de tosse, Sim, claro, cof cof cof, deve ganhar de certezinha (no caso de estarem a precisar de um ET).
O momento alto do nosso dia de ontem. Dentro do carro, a olhar para a frente, em silêncio. O corpo a gostar de estar recostado no assento, a gostar do sossego, uma vontade de respirar fundo. Não, não estávamos estacionados no Guincho, a ver o mar. Não, não estávamos parados a mirar uma floresta, passarinhos a voar.
Estávamos estacionados no piso -1 das Amoreiras, a olhar para uma parede às riscas pretas e amarelas e para um pilar azul que dizia "G1". A Maria dormia, e nós íamos ao Pão de açucar. Quando o carro parou, decidimos usufruir. Quando o corpo agradece por estar num parque de estacionamento subterrâneo, a respirar CO2, alguma coisa está mesmo mal

As Cinco

As Cinco

kEM ESTÁ CÁ

As cinco fabulosas

As nossas (h)istórias