domingo, julho 15, 2007

Gosto vs não gosto

Gosto do mundo, não gosto do mundo como ele está, com todas as injustiças, a fome, o mal...

Gosto da vida e de viver e de me sentir viva, afinal, “there´s no point in living if you can´t feel alive...”

Não gosto de drogas, não gosto de excessos, não gosto de perder o controlo. Adoro a minha família, adoro filmes e séries de televisão. Gosto de música calma e com letras que façam sentido.

O comum não me atrai, gosto de gostar do que mais ninguém gosta, aquelas coisas simples que normalmente passam despercebidas...

Gosto de arte, o que quer que isso seja! Gosto de museus ,gosto de coisas bonitas... Não gosto de coisas básicas nem de pessoas superficiais. Gosto de criticar no bom sentido, não gosto de quem só sabe criticar, todas as pessoas têm um lado bom e eu gosto de o procurar. Gosto de moda, gosto de roupa.

Não gosto de homens que se comportam como crianças nem gosto de crianças que se comportam como homens, mas gosto de homens e de crianças, gosto de pessoas no geral. Não gosto da ideia que as mulheres se devem subjugar aos homens ou de que são o sexo fraco, não é verdade!!!

Gosto de observar sem que me vejam e de estar sozinha na multidão. Gosto do bom senso e gosto de o usar. Gosto de sonhar mas não gosto de me deixar levar pelos sonhos, por muito tentador que isso possa ser, não me quero perder no mundo dos sonhos...

Gosto da Paz, e, obviamente , abomino a guerra tudo o que ela implica e todos os interesses que a provocam.

Não gosto da monotonia , também não gosto de mudanças constantes. Não gosto de insectos nem de répteis. Gosto de gatos.

Gosto de publicidades sensuais e divertidas, não gosto de publicidade no meio dos filmes!

Gosto de pessoas queridas , originais , interessantes ,com ideias próprias e com classe.

Gosto da lema “Vive cada dia como se fosse o último “ , não gosto de não ser capaz de viver assim... Gosto de poemas, adoro Florbela Espanca. Gosto de cor-de-rosa , não gosto de invejas, gosto de ciúmes. Não gosto de despedidas e quase nunca gosto de finais. Gosto de fotografias, gosto de pipocas, gosto de pormenores. Gosto de homens bonitos e interessante que têm algo a dizer. Não gosto de amores platónicos, acho-os patéticos e humilhantes... Gosto de entregas e de amores incondicionais, de paixões e de arrebatamentos... Não gosto de nunca ter amado assim!

Gosto de praias desertas e adoro o mar, gosto do perfume das manhãs e da chuva dos Verões, gosto da trovoada e do outono e da calma e melancolia que lhe associo.

Não gosto que gritem, que percam o controlo e gosto ainda menos que seja eu a fazê-lo.

Adoro gelados e mousse de chocolate. Gosto de ficar na cama até tarde, até ao último minuto ...

Gosto da escuridão do céu e gosto das estrelas. Gosto de lareiras, e da imagem q me vem à cabeça quando penso nelas...

Gosto de amigos e da camaradagem, não gosto das” amizades “que se perdem por coisas que no final das contas não significam absolutamente nada...

Gosto de palavras e de conversas sem fim...

Não gosto de falar sobre o que sinto, não gosto que não me dêem o valor que sei que tenho , pois dou tudo e não espero menos!! Gosto de ser quem sou, nem sempre gosto de ser quem sou... já não sou uma menina, ainda não sou uma mulher, e acho que não gosto deste meio-termo... mas gosto de meios-termos, e de dúvidas e por vezes mesmo de meias verdades...

Gosto das dúvidas de quem acredita, e de pensar que vale apena acreditar! Não gosto de quem não acredita em nada e não se importa com nada e tem a profundidade de uma colher...

Gosto de viajar, gosto de ajudar e de saber que pude ser útil a alguém em qualquer coisa. Não gosto da efemeridade da vida e da constante lembrança da proximidade da morte. Não gosto de não perceber. Não gosto de atrasos e de quem não é capaz de cumprir as suas promessas, não gosto de quem volta atrás com a sua palavra e ainda menos que voltem atrás comigo.

Gosto de coisas pouco claras, mas bem esclarecidas.

Gosto de dominar, gosto de ser dominada. Gosto de toques e de trocas de olhar, de demonstrações de carinho e de cenas sensuais. Gosto da grandeza das coisas simples, e gosto de coisas complicadas mas não gosto de complicações...
Gosto de gostar e de não gostar de tudo isto e muito mais...

As Cinco

As Cinco

kEM ESTÁ CÁ

As cinco fabulosas

As nossas (h)istórias