segunda-feira, maio 05, 2008

Fez sentido ...

Acabou,
Vê se entendes
Não vale a pena mesmo que tu tentes
Não posso mais,
Esperar que mudes
Se és tu quem não quer mudar
Acabou,
Tu não atinges
Tás noutro mundo
Ou será que finges
Eu já saltei
Eu estou noutra
Não vale a pena esperar
Tanto tempo investido em ti
Para agora acabar assim
Refrão
Para mim tanto me faz
Que digas coisas boas ou coisas más
Ou mesmo que inventes
Algo que eu nunca fui
Não sofro mais, não
Não tenho tempo
Até gostei de ti, mas foste um contratempo
Sinceramente,
porque é que insistes
Não percebes que acabou
Tanto tempo investido em ti,
Para agora acabar assim
Refrão
Para mim tanto me faz
Que digas coisas boas ou coisas más
Ou mesmo que inventes
Algo que eu nunca fui
Yeeeeee
Para mim tanto me faz
Que digas coisas boas ou coisas más
Ou mesmo que inventes
Algo que eu nunca fui
Yeeeeee
( rap )hum,hum,hum
Eu olho para ti com um olhar gelado
O que antes era doce agora é passado
Então pensa e repensa em tudo quilo que fizeste
Ou já esqueceste
Tudo o que de ti não deste
Dizes que me amas, mas é tudo fachada
Bem podes vir bater à porta que ela tá fechada
Bem trancada
Completamente zelada
Yo fui
Não sofro mais
Não tenho tempo
Refrão
Para mim tanto me faz
Que digas coisas boas ou coisas más
Ou mesmo que inventes
Algo que eu nunca fui
Yeeeeee
Para mim tanto me faz
Que digas coisas boas ou coisas más
Ou mesmo que inventes
Algo que eu nunca fui
Yeeeeee
Refrão

As Cinco

As Cinco

kEM ESTÁ CÁ

As cinco fabulosas

As nossas (h)istórias